Natação para Bebês

As atividades na água para bebês podem são recomendadas à partir dos 3 anos de idade, e apresenta benefícios e também contra-indicações e cuidados específicos, principalmente para os bebês menores.

atividades na água bebê - natação

Que tal conhecer um pouco mais sobre a natação para bebês?

Quando começar?

Alguns médicos e as próprias escolas indicam a natação para bebês somente após o 6 meses de vida, quando a carteirinha de vacinação já está completa existem menos riscos para o bebê, além da maior assimilação do que ocorre ao redor dele. A aula será mais atrativa e proveitosa.

A natação começar de verdade mesmo somente aos 3 anos de idade, quando a criança já consegue coordenar seus movimentos com mais precisão e tem força para nadar, antes disso, a natação é apenas uma atividade para os bebês mergulharem, bater mãos e pernas na água e aumentar o contato com os papais e mamães.

Benefícios da Natação

A natação é uma excelente maneira para os bebês fazerem exercícios, sem impacto e que aumenta a capacidade respiratória dos bebês. Outros benefícios indiretos da natação são o aumento de apetite, um sono mais tranquilo, desenvolvimento da coordenação motora e mais segurança na água, caso ocorra algum acidente inesperado. Para as crianças mais alérgicas, com bronquite, rinite, a natação pode ser ainda mais benéfica, já que estimula a respiração do bebê e a alergia tende a melhorar em muitos casos.

As aulas de natação para bebês tem duração de cerca de 30 minutos, tempo o suficiente para a criança ser estimulada e também para seu relaxamento, já que dentro da água, o bebê tem as mesmas sensações do útero da mamãe.

Cuidados e recomendações

A maior preocupação em relação às aulas de natação estão são em relação à limpeza da água, que deve ter garantia de um bom tratamento e da temperatura correta, nem muito quente nem muito fria. Além disso, caso ocorram problemas de pele ou otites consecutivas, a criança deve ser acompanhada pelo médico que vai recomendar ou não a continuidade da atividade.

Outro ponto que merece atenção são em relação aos profissionais que estarão na piscina, todos devem ter treinamento adequado e experiência comprovada em aulas de natação para crianças.

Se você pretende matricular seu bebê em uma escolinha de natação ou como uma atividade extra-curricular do berçário ou maternal, peça para acompanhar uma ou duas aulas para ter certeza de que os profissionais, dentro ou fora da piscina sabem o que estão fazendo, mostrando segurança e desenvoltura durante a aula. Você também pode pedir para ver certificados de cursos e habilitações específicas para aulas desse tipo com bebês, não tenha receio, pois depois de um acidente já vai ser tarde de mais.

[youtube http://youtu.be/FDySW1fVFXo?t=20s]